terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Vida pode mesmo ter vindo do espaço




Loke Kun Tan (StarryScapes)
Vida pode mesmo ter vindo do espaço

Cientistas da NASA descobriram glicina, um aminoácido fundamental para a vida, em uma amostra de cometa recolhida pela nave Stardust.

Esta é a primeira vez que um aminoácido é encontrado em cometas. Segundo a NASA, a descoberta dá mais crédito à teoria de que alguns ingredientes fundamentais à vida se formaram no espaço e chegaram à Terra há muito tempo por meio do impacto de cometas e meteoros. Além disso, a descoberta sustenta a tese de que a vida no espaço deve ser bastante comum, e não rara.


A glicina é um aminoácido utilizado pelos organismos vivos para fabricar proteínas. Elas são catalisadores que aceleram ou regulam reações químicas e formam desde estruturas dos fios de cabelo até enzimas. Os 20 diferentes tipos de aminoácido existentes são recombinados no organismo para formar milhões de proteínas diferentes – da mesma forma como as letras do alfabeto, combinadas, formam diferentes palavras.

A nave Stardust, que recolheu o material, passou pela densa nuvem do cometa Wild 2 em 2 de janeiro de 2004. Enquanto a nave voava pelo material, uma esponja especial, chamada aerogel, capturava gás e poeira deixados pelo cometa. A amostra foi colocada em uma cápsula e liberada, com um paraquedas, para a Terra em 15 de janeiro de 2006.




Representação da nave Stardust e do cometa Wild 2 (Nasa/JPl)