terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Telescópio flagra Cruzeiro do Sul




ESA and the SPIRE & PACS consortia
Telescópio flagra Cruzeiro do Sul



O telescópio espacial Herschel, da Agência Espacial Européia, fez imagens de nuvens de gás na Via Láctea com atividade intensa e inesperada.

No dia 3 de setembro, ele voltou suas lentes para uma região de gás frio na constelação do Cruzeiro do Sul, a 60º do centro galáctico.

O que impressionou os astrônomos foi o fato de uma área escura e fria estar fervilhando de atividade. A imagem revela que o material estelar está condensando em filamentos interconectados, que brilham graças à luz emitida por estrelas em diversos estágios de desenvolvimento.

Regiões como esta são difíceis de serem observadas, mas os instrumentos infravermelhos permitem imagens impossíveis de serem feitas do solo. Os cinco comprimentos de onda originais utilizados na captação foram coloridos para que cientistas diferenciassem melhor o material extremamente frio (vermelho) de coisas levemente mais quentes (azuis).