terça-feira, 29 de julho de 2008

FIM DO MUNDO





















Nibiru




































































O MUNDO VAI ACABAR EM 21 DE DEZEMBRO DE 2012?


O QUE DIZEM OS MAIAS?

3114 a.C:Que dizem os MAIAS

Esta data foi estabelecida no calendário Maia, um calendário que principia a contagem do tempo em 11 de agosto do ano 3114 a.C., ou seja, antes mesmo das datações arqueológicas esta misteriosa civilização.

1800 a.C. a 1450 a.C.

De acordo com aquelas datações, os Maias floresceram entre 1800 a.C. e 1450 d.C. em um vasto território que inclui regiões da América Central e América do Sul, onde a ruínas de suas cidades e pirâmides monumentais resistem ao tempo.

OS MAIAS são reconhecidos por seu avançado conhecimento de astronomia e pela precisão de seus diferentes calendários, como o calendário anual, solar, com 365 dias, chamado Haab. Outro destes calendários, o de ‘Longa Contagem’, foi desenvolvido para computar extensos períodos de tempo ou ciclos, de 5.125 anos.

Foi com base naquele calendário do longos ciclos que se estabeleceu a tradição da profecia maia do fim dos tempos.

O QUE DIZEM OS ASTRÔNOMOS ?.

OS ASTRÔNOMOS OPINARAM O SEGUINTE:

Desta cultura pré-colombiana previram para 2012 atividades cósmicas impactantes para o planeta Terra.

Quando chegar esta época, o Sol deverá sofrer violentas tempestades emitindo poderosas chamas e partículas cuja potência alcançará este planeta azul causando o colapso de campos de campos magnéticos que certamente produzirão danos nos satélites e outros dispositivos eletrônicos.

QUE DIZEM OS ASTROFÍSICOS?.

Esta violenta atividade solar é confirmada por ASTROFÍSICOS, incluindo os da NASA que, não obstante, negam que tal acontecimento possa significar algum tipo de fim do mundo.

Segundo os cientistas, as tempestades solares intensas que, de fato, são periódicas, estão previstas para acontecer entre 2011 e 2012. Outros estudiosos, porém, acreditam que a atividade do solar, em 2012, também vai provocar uma mudança significativa na inclinação do eixo da Terra produzindo, em conseqüência, atividades geológicas de proporções catastróficas, o que justificaria a idéia de um fim dos tempos

.OS MAIAS acreditavam que Deus ou Hunabku,. habita o centro da Via Láctea. ali, Ele governa o destino dos mundos através da emissão de uma energia radiante, que alcança a a Terra através do Sol.







O Sol, portanto, seria o grande mediador entre Deus e o planeta Terra.

A energia radiante é portadora de informações que determinam e evolução cíclica da Humanidade bem como de toda a Natureza terrena.


O declínio da civilização mais, mistério para arqueólogos, teria sido produto do final de um destes destes ciclos.

As radiações transformadoras atuariam não somente no plano físico mas, também, no plano espiritual, das idéias.Em reportagem publicada na revista Planeta on-line, a jornalista Débora F. Lerrer escreve:

"Esse povo da América Central acreditava em ciclos recorrentes de criação e destruição e pensavam em termos de eras que duravam cerca de 1.040 anos".

Para eles, nós estamos vivendo

NA QUARTA ERA DO SOL - sendo que, antes da criação do homem moderno, existiram três eras anteriores, destruídas por grandes cataclismos.





===>A primeira era teria sidoDESTRUÍDA PELA ÁGUA, depois de chover sem parar, coincidindo com o mito do dilúvio.

===> O segundo mundo teria sido DESTRUÍDO PELO VENTO











===> e o terceiro DESTRUÍDA PELO FOGO .

===> O quarto mundo OU QUARTA ERA, É o que nós vivemos hoje, de acordo com as profecias do rei-profeta Maia Pacal Votan,SERÁ DESTRUÍDO PELA FOME,



DEPOIS DE UMA CHUVA DE SANGUE E FOGO





O antropólogo Carlos Barrios [Guatemala], depois de entrevistar 600 anciões maias, investigando a profecia, concluiu que as atividades solares previstas para 2012 não implicam um fim de mundo, antes, será uma transformação que já está em curso e tende a se acelerar [Biblioteca de PAN Portugal] . De fato, quando se fala em Fim do Mundo, muitos imaginam um evento súbito, algo que acontece do dia para a noite.



Todavia, a transformação de meio-ambiente e da Humanidade deve ser um processo gradual que, tal como no Apocalipse bíblico, ocorre de forma gradual, pelo suceder de eventos que podem ser interpretados, os ’sinais’ que podem ser interpretados, seja pelos místicos ou pelos cientistas


.O jornalista e crítico de arte Alberto Beuttenmüller, autor do livro A Serpente Emplumada, triologia dedicada às profecias maias, entende que a profecia maia já está em curso desde 1988 e que chegará ao ápice em 2013 [FERRER]. Maurice M. Cotterell, um dos autores de outro livro sobre o assunto.








As Profecias Maias, destaca as coincidências entre o apogeu e o declínio das civilizações e as variações na atividade da manchas solares [FERRER]. Entre as mudanças notáveis que caracterizam o começo e o fim dos ciclos de apogeu e decadência estão as mutações genéticas, alterações climáticas significativas,














fenômenos geológicos, como terremotos, maremotos, erupções vulcânicas.







AS SETE PROFECIAS

DO FIM DO MUNDO

DE ACORDO COM OS MAIAS

EM 2112 SÃO AS SEGUINTES:

1.A PRIMEIRA PROFECIA

fixa o ano de 1999 para o início de um confronto da Humanidade com suas próprias realizações e da necessidade de uma reavaliação individual do comportamento, com ênfase na crítica ao materialismo, egoísmo, corrupção e extrema ignorância,

fontes de destruição dos recursos naturais e proliferação das mazelas humanas, como a miséria em todos os seus aspectos.

2. A SEGUNDA PROFECIA,

fala do eclipse solar de 11 de agosto de 1999: ‘A sombra que a lua projetou sobre a terra atravessou a Europa, passando por Kosovo, depois pelo Oriente Médio , Irã, Iraque e posteriormente dirigindo-se ao Paquistão e a Índia. Com a sua sombra ela parecia prever uma área de conflitos e guerras’ .

3. A TERCEIRA PROFECIA,

enfatiza as mudanças climáticas e a parte de responsabilidade que cabe à humanidade neste processo. Fala do desflorestamento, da poluição, da degradação ambiental, do efeito estufa, aquecimento global e sério comprometimento das reservas de água potável. em conseqüência, são previstas a fome, a seca, o aparecimento de novas doenças e retorno de doenças que pareciam controladas ou extintas, a morte das comunidades mais expostas a estes prejuízos, ou seja, os pobres. Esta profecia combina com as visões de numerosos profetas históricos…





CIVILIZAÇÕES DESAPARECIDAS: maias , astecas, incas,etc.

4. A QUARTA PROFECIA;


Ainda referindo-se ao aquecimento global,

Manchas solares

fala da diminuição das calotas polares e conseqüente elevação do nível dos oceanos causando inundações das faixas litorâneas: ‘Estudos realizados pela Universidade de Colorado concluem que as geleiras e picos nevados de todo o mundo estão diminuindo seu volume notavelmente, como resultado do aumento geral da temperatura do planeta.






Camada de ozônio

.Temperatura

O maior pico nevado na África, o monte Kenia, perdeu 92% de seu massa;

Os picos nevados do monte Quilimanjaro sofreram redução de 73%, na Espanha e, 1980 havia 27 picos nevados, esse número foi reduzido para 13.

Nos Alpes europeus e no Cáucaso na Rússia diminuíram 50%’.

Na Antártida a situação é ainda mais grave, o pico está se derretendo a partir do centro e não a partir das bordas. É sabido que quando um lago gelado começa a derreter ele sempre o faz a partir de seu centro. A temperatura na Antártida aumentou 2,5°C nos últimos 25 anos e está aparecendo vegetação em locais onde antes não havia nada mais do que gelo .





Aqui não se pode deixar de destacar que o ressurgimento de terras verdes na Antártida

QUE DIZEM OS VIDENTES?

Foi, TAMBÉM, previsto o ressurgimento de terras verdes na Antártida pelo vidente norte-americano Edgar Cayce:


1. A Terra se partirá na parte oeste da América.

2.Uma grande parte do Japão deverá afundar no mar. 3. A parte superior da Europa se transformará em um piscar de olhos.

4.Uma nova terra aparecerá e poderá ser vista da costa leste americana.

5.Movimentos se verificarão no Ártico e na Antártida que provocarão erupções vulcânicas nas regiões tórridas e, em seguida, um deslocamento dos pólos, de maneira que as regiões frias, temperadas e semi-tropicais se tornarão mais quentes, onde crescerão musgos e fetos’ [ÁREA 51].

5. A QUINTA PROFECIA:

refere-se a uma profunda crise econômica mundial, ao delírio do consumo, às ilusões do sistema financeiro que fazem a riqueza real ser substituída pela riqueza virtual, dos cartões de crédito que tornam as pessoas inadimplentes gerando problemas de ansiedade e depressão, da fragilidade das transações financeiras baseadas em uma rede mundial de computadores sujeita à um colapso total, posto que depende de uma rede de satélites e de produção de energia, estrutura frágil que que pode ser abalada ou destruída por um simples evento de natureza cósmica.

6. A SEXTA PROFECIA,

Anuncia a passagem de um cometa, outro ponto onde muitos profetas concordam, incluindo o apóstolo João o profeta Apocalipse bíblico, onde é chamado Absinto.

Para os maias, é o cometa Ajenjo. [Ver, adiante Apophis, o Asteróide do Fim do Mundo]





.

7. A SÉTIMA PROFECIA

Prevê mudanças genéticas no organismo humano com o desenvolvimento de faculdades extra-senhoriais, como a telepatia, não apenas no sentido de transmitir o pensamento, mas, sobretudo a capacidade de ler o pensamento alheio, extinguindo atitudes hipócritas, ou seja, o fim da mentira; o desenvolvimento da capacidade auto-cura, extinguindo, assim, o sofrimento causado pelas doenças.



Essas novas capacidades deverão beneficiar aqueles que sobrevierem aos cataclismos anteriores, marcando o fim das desgraças do fim deste mundo inaugurando assim, um novo mundo, devidamente purificado, adequado para ser a morada de uma raça humana superior a atual.


Estas sete profecias maias estão em plena concordância com outras teorias relativas ao Fim dos Tempos, mais especificamente, ao fim deste tempo, desta Humanidade, que tendo atingido um alto grau de progresso material e,





não obstante, tendo mergulhando em uma profunda degradação espiritual, deverá passar pelo processo cíclico de purificação, de separação do joio do trigo.


Esta idéia é compartilhada pelos espíritas adeptos da teoria dos Exilados de Capela, dos profetas da passagem do ‘planeta X’ ou Hercólobus e ainda, dos teósofos que relatam o florescimento e a destruição das civilizações arcaicas da Lemúria e Atlântida.

8 comentários:

Antigo Sete Iniciado disse...

Parabens Soraya pelo otimo artigo!

Já ouvi muito falar das tais profecias maias, porém nunca tinha lido algo mais consistente sobre o assunto.

De fato muita coisa inédita está acontecendo nos ultimos anos, mas será que essa ideia de "grandes catastrofes" é algo realmente que vai acontecer ou só será especulações?

Bem só o tempo dirá!

Uma coisa eu sei, se realmente as catrastrofes acontecerem eu e você seremos certamente parte dos sobreviventes.

Beijos!

Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza.

arrepiodaalma disse...

Rever fora de mim, aquilo que sempre soube dentro de mim, textos, imagens, ideias, só confirma o que sempre soube. Somos irmãos em processo de reconhecimento crescente e acelerado. As dores são as de parto. Identifico-me muito com o blog reconheçendo o excelente trabalho de pesquisa e compilação dos temas. Namastê

Anne disse...

Óptimo artigo. Também já tinha ouvido falar neste assunto mas apenas me falaram no calendário e nunca me consegui informar mais.

Eu acredito que o "Fim do Mundo" não será a destruição da Terra mas sim uma grande mudança. Apenas o fim do mundo que conhecemos agora.
Também acredito que isto não seja uma mudança repentina até porque já se sentem mudanças desde à alguns anos atrás.
Muitos planetas e civilizações acabaram repentinamente mas não creio que seja o caso.

Existem muitas questões à volta deste assunto mas acho que só com o tempo serão esclarecidas.

Continue o óptimo trabalho.

jcm disse...

se realmente isto acontecer quero ter o dominio da mente porque eu concerteza estarei salvo e adivinharei os 6 numeros da mega sena e pagarei uma das melhores clinica de loucos do mundo para internar o dono deste blog

aedo disse...

sou uruguaio, metafisico e gostei do blog.parabems soraya,beijos.

Junior disse...

eu nao aguento mais essa merda de 2012
gente, vamos viver ne?!

anjoazul disse...

Pena q muitos ñ acreditem na mudança terrena, tão nescessária para continuarmos a existir, porque continuar como está, isto sim é o fim do mundo! A Terra nescessita dessa mudança, como alguém muito doente precisa de um tratamento profundo e intensivo p/ continuar a viver, portanto aos incrédulos só restará esperar p/ ver acontecer!

Ayrton disse...

Sou economista e no momento estou escrevendo um livro de ficção sôbre o fim do mundo 21-12-2010.
Gostaria de publicar alguns ítens da pagina de vocês que acabei de visitar .Seria muito interessante eu introduzir meu trabalho com o que vocês escreveram(parcialmente), pois as teorias e reflexões ali existentes não são meu foco e sim o que acontecerá após aquela data.
È evidente que darei o crédito daquilo que eventualmente escrever.
Obrigado pela atenção


Ayrton Fontes
ayrtonfontes@gmail.com
11 97894375 - 11 32885688